menu

O escopo só muda porque o fechamos!! Empreendedorismo em projetos

Por

Em todos os projetos nos quais já trabalhei, NUNCA o escopo era totalmente conhecido inicialmente e, muitas vezes, obscuro até 2/3 do projeto já construído. Loucura? Não! Necessidade! Todavia, é percebido cada vez mais uma cultura colaborativa, onde cliente e fornecedor conversam e realizam projetos JUNTOS. Não pautado estritamente por contratos e vírgulas, mas em apoio mútuo na construção de uma solução.


O mantra da vez, reforçado pela ansiedade trazida pela internet, é ser pioneiro na criação de um novo conceito, inovador na utilização de algum aplicativo, relevante e atrativo no conteúdo publicado e simples para ganhar os cliques e permanência dos usuários.

E cara…. como isso é difícil!!! Nunca antes na história deste país : ) os clientes souberam tanto dos conceitos e práticas para se tornarem notáveis, e nunca como antes souberam tão pouco O QUE e COMO fazer.

Para você que está começando no mundo de gestão de projetos, a dica é que será exigido cada vez mais um papel de empreendedor ao GP. Os clientes precisam de pessoas que não apenas traduzam para o papel ideias de outros, mas que abracem os objetivos e colaborem na construção do escopo ótimo para ambos.

As redes sociais, Web 2.0, dinâmica caótica de conteúdo tem criado uma cultura que aproxima mais as pessoas na criação de coisas de seus interesses. Isso começa a ser vivenciado na modelagem de projetos e tende a virar padrão, principalmente na indústria de software e internet que carrega ainda grande background da engenharia civil.

Não será o mais forte, não será o que se adapta mais rápido: será o que melhor sabe aplicar!

Leave your reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Go to top